segunda-feira, setembro 29, 2008

repasto com livros

despedidas diluvianas

CRÓNICAS DE UM BIBLIOTECÁRIO-AMBULANTE
BEJA - PALAVRAS ANDARILHAS - FEIRA DO LIVRO E DA LEITURA

Relatos de um Principiante

Deixamos Beja debaixo de um enorme dilúvio de chuva e de emoções, devo confessar como principiante nestas andanças Andarilhas, que foi uma experiência inolvidável, recomendável e aconselhável.
A troca, a partilha de contactos, conhecimentos, velhos sonhos e eternos anseios e desejos foram uma das marca desta nossa "primeira vez". Tal como todas as "primeira vez" o nervoso miudinho, as incertezas e dúvidas no desempenho e no desfecho final assaltaram-me por diversas vezes.
De toda esta torrente de experiências gostaria de destacar duas delas a primeira, foi a emoção e a saudade que muitos visitantes demonstraram na sua visita a Bibliomóvel, mostrando claramente que a marca indelével das Bibliotecas Itinerantes da Gulbenkian, ainda hoje permanece bem viva na Alma e Razão dos seus visitantes/utilizadores.
A segunda o convívio fraterno entre pessoas que habitam diferentes continentes (Abraço "Compañeros" de África e América do Sul), mas que trazem dentro de si o mesmo Amor/Paixão pelo Livro e a Leitura.
Não gostaria de acabar esta crónica sem uma vez mais destacar o papel importantíssimo, senão vital da EQUIPA da Biblioteca Municipal de Beja, que mostrou como é possível com dedicação,cumplicidade,competência e sensibilidade por em pé uma manifestação tão bela e carregada de sentido ( na impossibilidade de ter-me despedido de todos aqui fica um abraço para todos vós, PARABÉNS!).

Saudações Bibliotecárias Ambulantes
O Papalagui