quarta-feira, janeiro 14, 2009

quietude

fogo amigo

"(...)E quando se levantar de repente
a névoa que cobre o rio
que gela tudo de frio
e escurece a corrente(...)"

CRÓNICAS DE UM BIBLIOTECÁRIO-AMBULANTE
ALVITO DA BEIRA - SOBRAINHO DOS GAIOS