quarta-feira, fevereiro 02, 2011

Manuel António Dias Cardoso - RIP

A Senhora Morte

Atendendo a idade média dos nossos visitantes/utilizadores/Amigos, por diversas vezes tinha reflectido sobre qual seria a minha reacção, sobre a morte de algum deles.
Hoje de manhã com a chegada da noticia, inesperada do falecimento do Sr.Cardoso um dos melhores visitante/utilizador/Amigo da Bibliomóvel e do Bibliotecário-Ambulante, senti uma sensação de vazio e uma saudade das nossas conversas sobre os livros que ajudei e aconselhei, dos livros que me emprestou, dos livros que doou a Bibliomóvel.
Fica aqui uma simples homenagem a um homem simples que ficará para sempre na nossa memória, não como um amigo de sempre, mas com uma amizade para sempre.

Mal nos conhecemos
Inauguramos a palavra amigo!
Amigo é um sorriso
De boca em boca,
Um olhar bem limpo
Uma casa, mesmo modesta, que se oferece.
Um coração pronto a pulsar
Na nossa mão!
Amigo (recordam-se, vocês aí,
Escrupulosos detritos?)
Amigo é o contrário de inimigo!
Amigo é o erro corrigido,
Não o erro perseguido, explorado.
É a verdade partilhada, praticada.
Amigo é a solidão derrotada!
Amigo é uma grande tarefa,
Um trabalho sem fim,
Um espaço útil, um tempo fértil,
Amigo vai ser, é já uma grande festa!

Alexandre O´Neil

CRÓNICAS DE UM BIBLIOTECÁRIO-AMBULANTE