sexta-feira, dezembro 12, 2008

chama imensa

centralidade de afectos


CRÓNICAS DE UM BIBLIOTECÁRIO-AMBULANTE