quarta-feira, junho 26, 2013

7






“Como é conveniente e agradável o mundo dos livros! – se não se atribuir a ele as obrigações de um estudante, nem considerá-lo um sedativo para a preguiça, mas entrar nele com o entusiasmo de um aventureiro!”
D. Grayson

7
Passaram sete anos de estradas terras e gentes de Proença-a-Nova com a Bibliomóvel. Para os mais místicos, este número traz imensas referências, enraizadas na cultura popular de origem profana ou sagrada.
A realidade quotidiana tem mostrado que este serviço itinerante de promoção do livro e da leitura, disponibilização em livre acesso da Informação e/ou Conhecimento, a prestação de serviços úteis a comunidade, e sempre algo mais, foi um investimento seguro do seu retorno.
O aumento do número de novas paragens, é indício seguro desse retorno, proporcionado pelo reconhecimento das populações servidas pelos recursos disponibilizados e serviços prestados dentro da Bibliomóvel.
As parcerias com outras entidades/instituições têm fornecido um conjunto de bons momentos, onde a partilha de leituras, saberes e sentires foram uma constante. As visitas ao Projecto Escola BioAromas, com a actividade “Histórias, estórias e outras coisas mais”, revelaram-se importantes momentos não só de promoção da leitura e do livro, mas igualmente das memórias de toda uma comunidade, que importa preservar e divulgar.
O 7 está carregado de simbolismos profanos e religiosos. Para as andanças da Bibliomóvel, representam apenas isso, 7 anos de estradas (nem sempre fáceis), terras (sempre hospitaleiras) e gentes (prestáveis e entusiastas), carregados de momentos inesquecíveis, de amizades feitas, vidas transformadas, espírito de missão e de pertença a um legado, que com orgulho fazemos prolongar no tempo.
crónicas de um bibliotecário-ambulante