terça-feira, junho 11, 2013

Encontro de Bibliotecas Itinerantes - Montalegre - 8/9 Junho

proença-a-nova

oliveira de azeméis

coimbra

penafiel

montalegre

vila nova de famalicão

roberto soto/ maria do céu barros

joão henriques

andrea pinto magalhães/anabela anjos

  
diários de bordo

alexandre soares - poesia andante

2 Amigos/companheiros ibéricos de estradas com livros


Encontro na Terra Fria 

A longa viagem de regresso a casa foi propícia a reflexão e assimilação de todos os momentos deste encontro das Bibliotecas Itinerantes de Montalegre.
As palavras podem soar repetidas, mas a realidade não pode ser disfarçada nem escondida. Os profissionais das Itinerantes são como parentes distantes, basta o encontro e/ou reencontro para logo as histórias e as sensações desenrolarem-se a ritmos e semelhanças incríveis.
Ao longo dos dois dias, foi patente essa familiaridade apesar da distância geográfica a similaridade funcional acarreta sempre que as partilhas sejam feitas a ritmos intensos e plenos.
Assim foram decorrendo os trabalhos com a apresentação de diversos projectos, sonhos por concretizar, sonhos realizados, estratégias, modelos, estudos de caso, diários de bordo onde se explanaram as sensações, as angustias, os fracassos (poucos), os sucessos (imensos).
Para finalizar o encontro com chave de ouro, nada como as palavras ditas e escritas, vindas directamente do fundo de um ser e que descrevem na perfeição o trabalho das Bibliotecas Andantes. A poesia tomou conta do Café com Letras!
o papalagui


encontro de bibliotecas itinerantes - montalegre - 08/09 junho 2013
crónicas de um bibliotecário-ambulante