quinta-feira, novembro 12, 2015

fardo pesado

posto rotativo  

distância mal calculada  

 leituras necrológicas 

 e a imagem repete-se... ano após ano! até quando!? 

fardo pesado

crónicas de um bibliotecário-ambulante
cunqueiros - fórneas - pedras brancas