quarta-feira, novembro 25, 2015

somos nós.somos Todos nós!



crónicas de um bibliotecário-ambulante

somos nós.somos Todos nós!

 A Biblioteca é um dos últimos espaços públicos!
Assim de repente pode soar a exagero verbal com algum sobredimensionamento funcional, mas para quem todos os dias faz acontecer a Biblioteca Pública, fica perfeitamente dentro dos limites razoáveis e expectáveis.
A Biblioteca é pela sua natureza funcional e sentimental um espaço de encontro de pessoas, feito por pessoas e destinada a providenciar e aplacar diversas e distintas necessidades das pessoas que as procuram.
A responsabilidade ancestral de recolher, selecionar, tratar e difundir informação/conhecimento tem conhecido importantes reveses. Mil e uma ameaças veladas foram feitas, mil e duas mortes anunciadas, mil e três prenúncios de extinção asseguradas, mas as Bibliotecas Resistem, Insistem e Não desistem de uma Existência em prol de valores que constituem a sua base identitária. A Liberdade, Igualdade, Diversidade, Sensibilidade, Emotividade e Qualidade no acesso a informação, conhecimento, serviços uteis e sempre algo mais…
A campanha #somosbibliotecas, organizada pelo grupo de trabalho das Bibliotecas Públicas da BAD (Associação Portuguesa de Bibliotecários, Arquivistas e Documentalistas), tem como objetivo chamar a atenção do valor simbólico e estrutural que a Bibliotecas têm nesse contínuo devir que são as relações entre o individuo e mundo que o rodeia.
Somos Bibliotecas!
Podemos fazer a diferença, pelo menos tentamos fazer diferente para conseguir causar esse impacto naqueles que nos procuram ou aqueles a quem vamos ao encontro nos caminhos.
As Bibliotecas Públicas somos nós. Somos TODOS nós!
Juntem a vossa voz a nossa voz!
Apoiem e Divulguem a campanha: #somosbibliotecas




“Nenhum lugar proporciona uma prova mais evidente da vaidade das esperanças humanas do que uma biblioteca pública”

Samuel Johnson